Mobilidade elétrica em análise em visita do EMOBICITY

A ADENE e a Direção Regional da Energia dos Açores (DREn) organizaram, de 21 a 23 de setembro, uma visita técnica sobre mobilidade elétrica em território nacional, no âmbito do projeto Interreg Europe EMOBICITY. Em Lisboa, com a colaboração da Lisboa E-Nova e da Câmara Municipal de Lisboa, foi divulgada a dinâmica e o compromisso do município no que respeita à mobilidade elétrica. Em Ponta Delgada, nos Açores, foram dados a conhecer projetos da tecnologia Vehicle-to-Grid e de bike sharing com a Eletricidade dos Açores e uma start-up da área da mobilidade elétrica.

MOVE+ da ADENE, aliado da mobilidade eficiente

Com a Semana Europeia da Mobilidade a decorrer e a situação pandémica menos premente, venho falar-vos de achatar outra curva, a do trânsito. O espaço urbano é finito e a competição por ele feroz: queremos jardins, escritórios, casas, fábricas, comércio, serviços, passeios, estradas, entre outros. Um estudo das Nações Unidas indica que cidades desenvolvidas dedicam entre 25 e 35% da sua área a estradas e passeios. Trata-se de uma fatia significativa, pelo que devemos questionar até que ponto é correto dimensionar estradas para a procura que estas têm durante uma pequena parte da manhã e da tarde? Essa foi a lógica predominante nas últimas décadas, que levou à ocupação, com estradas sobredimensionadas, de espaço precioso, num modelo desadequado às nossas necessidades durante a grande maioria do dia.