MOVE+, a mobilidade eficiente

O MOVE+ é um sistema de avaliação e classificação do desempenho energético de frotas automóveis, criado pela ADENE para promover a mobilidade eficiente. Para além de classificar a frota, o MOVE+ permite também identificar oportunidades de poupança de combustível (redução de custos) e de minimização de impacte ambiental através de uma gestão otimizada da frota.

A classificação que o MOVE+ introduz permite conhecer, numa escala de A+ (mais eficiente) a F (menos eficiente), o nível de eficiência energética da frota automóvel de uma empresa.

Atualmente, o MOVE+ aplica-se a frotas de veículos ligeiros, normalmente com mais de 10 viaturas. Em breve irá estende-se a frotas de veículos pesados de mercadorias e de passageiros.

Uma empresa ou organização com frota certificada MOVE+ consegue:

  • Classificar, comparar e melhorar a eficiência energética e ambiental da sua frota
  • Aproveitar as oportunidades de redução dos custos (combustível, etc.) e das emissões de CO2
  • Demonstrar, de forma simples e clara, o seu empenho em reduzir a pegada ecológica da frota
  • Motivar colaboradores, clientes, fornecedores e parceiros para uma mobilidade mais sustentável

Baseado em modelos de diagnóstico e classificação, o MOVE+ orienta as empresas no sentido de uma maior eco-eficiência na gestão da mobilidade, com todos os benefícios financeiros e ambientais associados.

Saiba mais em https://movemais.pt

Mobilidade Elétrica

A mobilidade elétrica torna-se cada vez mais relevante para a mobilidade sustentável e para o aumento da eficiência energética no transporte. À medida que a autonomia dos veículos elétricos aumentar, prevê-se que os utilizadores desta forma de mobilidade cresçam na mesma proporção.

Os veículos elétricos distinguem-se pelo:

  • binário constante e disponível de imediato
  • ruído reduzido
  • melhor desempenho ambiental
  • combinação de funcionalidades inovadoras
  • menores custos de combustível e manutenção
  • redução da emissão de gases de efeito de estufa
  • diminuição da dependência energética do país

A mobilidade elétrica será o fator decisivo para a redução de pegada de carbono.

Close Menu