energia em numeros

Já se encontra disponível online a “Energia em Números”, uma publicação do Observatório da Energia gerido pela ADENE. A sua apresentação realizou-se no passado dia 15 de julho, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, no âmbito da Sessão Pública “Mais e Melhor Informação em Energia”.

A publicação digital apresentada pela Unidade de Informação da ADENE, em conjunto com a DGEG, agrega os dados mais relevantes sobre o setor da energia produzidos pela DGEG, bem como outros dados estruturados pela ADENE. Os seus 7 capítulos cobrem os seguintes temas: Indicadores Energéticos, Balanço Energético, Fatura Energética, Produção Doméstica e Transformação, Consumo Final de Energia, Preços, Mercados de Eletricidade e Gás Natural e Eficiência Energética.

A publicação “Energia em Números” do Observatório da Energia apresenta, assim, os principais indicadores estatísticos nacionais em matéria de energia predominantemente para os anos 2017 e 2018, funcionando como um importante veículo de promoção da literacia energética.

Alguns dados relevantes que constam da publicação:

  • Hoje, Portugal utiliza a energia de forma mais eficiente. Em 2007, para gerar um milhão de euros de riqueza eram consumidas 103 toneladas equivalentes de petróleo (tep) de energia. Em 2017, o mesmo valor de riqueza era gerado com apenas 97 tep.
  • Em 2017, as energias renováveis representaram 28,1% do consumo final bruto de energia em Portugal. Para 2020, o país estabeleceu a meta de 31%, em conformidade com a Diretiva 28/2009/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 23 de abril de 2009, e com o Plano Nacional de Ação para as Energias Renováveis (PNAER). Para 2030, o Plano Nacional Energia Clima (PNEC 2030) estabelece uma meta de 47%.

A publicação “Energia em Números” já pode ser descarregada gratuitamente no site do Observatório da Energia.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email