Duas boas práticas portuguesas em mobilidade elétrica foram submetidas pela ADENE e aprovadas pelo Programa Interreg Europe nos últimos dois meses, no âmbito do projeto EMOBICITY – Increase of Energy Efficiency by Electric Moblity in the CITY. A primeira diz respeito a incentivos para a aquisição de veículos elétricos (um programa do Fundo Ambiental) e a segunda remete para a rede de postos de carregamento para veículos elétricos (Rede MOBI.E).

A boa prática relativa aos incentivos à aquisição de veículos elétricos insere-se nos objetivos do Programa de Apoio à Mobilidade Elétrica (PAMEAP) de promover a descarbonização e a melhoria do desempenho ambiental, o qual se integra num programa mais abrangente, o ECO.mob (Programa para a Mobilidade Sustentável na Administração Pública). Quanto à rede MOBI.E, esta é composta por postos de carregamento para veículos elétricos (VE) maioritariamente situados em espaços de acesso público, que para a sua implementação contou  com o apoio do Fundo de Apoio à Inovação. Sendo esta uma iniciativa  de âmbito nacional, envolve autarquias, centros de investigação, empresas de energia e TI, bem como operadores de  postos de carregamento e utilizadores de VE.

Ambas as boas práticas nacionais foram publicadas no site do projeto EMOBICITY, podendo ser consultadas AQUI. Em sequência serão objeto de análise por um especialista do Programa que decidirá sobre a sua inclusão na base de dados de boas práticas da Policy Learning Platform do Interreg Europe.

A identificação de boas práticas de mobilidade elétrica faz parte das tarefas a desenvolver pelos membros do consórcio para o alcance dos objetivos identificados pelo EMOBICITY, um projeto cofinanciado pelo Programa Interreg Europe que visa facilitar a adoção de medidas sustentáveis e inovadoras na área da mobilidade elétrica. O EMOBICITY pretende melhorar as competências de todas as partes envolvidas na mobilidade elétrica, nomeadamente no que concerne à elaboração de políticas públicas, através de workshops, visitas de estudo e peer reviews, assim como aumentar a consciencialização e compreensão públicas sobre a mobilidade elétrica através de campanhas de informação e outras atividades de comunicação. Participam no projeto cinco países (Portugal, Grécia, Alemanha, Roménia e Croácia) e, no nosso país, o consórcio integra a ADENE e a Direção Regional da Energia dos Açores.

Para mais informações em interregeurope.eu/emobicity

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email