A ADENE – Agência para a Energia promove duas sessões de formação, em parceria com a EFRIARC, dedicadas à etiquetagem energética de aquecimento, nos próximos dias 29 e 30 de Março, respetivamente em Lisboa e no Porto.

Nesta formação, focada em casos práticos, vamos abordar o contexto global da etiquetagem de aquecimento e apresentar a metodologia de cálculo da etiqueta de sistemas.

A participação é gratuita mas sujeita a inscrição prévia junto da EFRIARC: secretaria@efriarc.pt.

Datas e locais

29/03/2017

Lisboa | 14h30 – 17h30
ADENE – Agência para a Energia
Morada e contactos

30/03/2017
Porto | 14h30 – 17h30
AdE Porto – Agência de Energia do Porto
Morada e contactos

LabelPack

A etiquetagem energética de aquecedores de ambiente e de preparação de água quente é obrigatória desde o dia 26 de setembro de 2015. E os regulamentos incluem os produtos e sistemas de aquecimento.

A etiqueta abrange os esquentadores, os termoacumuladores, as caldeiras, as bombas de calor e os sistemas solares térmicos do tipo termossifão, entre outros. Os sistemas são soluções de aquecimento constituídos por um aquecedor convencional e por equipamentos solares e/ou controladores de temperatura.

Contrariamente ao que acontece com a etiqueta de produto, cuja responsabilidade é dos fabricantes, a etiqueta de sistemas pode ser da responsabilidade do fabricante, no caso de sistemas pré-definidos, ou do profissional que faz a venda, do revendedor ou do instalador, no caso de se tratar de um sistema customizado.

Trata-se de um grande passo no mercado das soluções de aquecimento que integram energia solar térmica, dado que só estas soluções podem alcançar as categorias mais eficientes como A+ ou superior.

Saiba mais em www.label-pack-a-plus.eu