Eficiência Hídrica: Estado com meta de redução em 20% até 2030

A implementação de medidas de melhoria da Eficiência Hídrica ainda não tem vindo a ser uma prática comum no setor público. O Programa de Eficiência de Recursos na Administração Pública (ECO.AP 2030), aprovado pela RCM n.º 104/2020, de 24 de novembro, vem instituir, pela primeira vez, objetivos de aumento da Eficiência Hídrica, estabelecendo como meta a redução do consumo água em 20% até 2030 pelas atividades desenvolvidas pelo Estado. É ainda apresentada a meta agregada de renovação energética e hídrica dos edifícios públicos. 

A ADENE tem vindo a desenvolver vários projetos com entidades públicas que contribuem para estes desígnios, destacando-se o AQUAMONITOR que prevê, entre outros, a inclusão de funcionalidades no Barómetro ECO.AP, que irão permitir caraterizar e monitorizar os consumos de água na e pela Administração Pública, avaliar os benefícios diretos e indiretos inerentes, bem como apoiar na gestão deste recurso, quer pelas entidades públicas quer pelos respetivos Ministérios, servindo de referência na definição de futuras estratégias e/ou políticas públicas no domínio da Eficiência Hídrica, bem como na sua transferência para outros setores.  

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email