Economia Social e Sustentável

Realizou-se no dia 27 de fevereiro, na Fundação Manuel António da Mota, no Porto, a primeira sessão de capacitação “Economia Social e Sustentável”. Organizado pela Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS), com o apoio da ADENE e APA – Agência Portuguesa do Ambiente, o evento visou o reforço da organização e intervenção das instituições associadas da CNIS, através da sensibilização e apoio dos respetivos dirigentes nas áreas da eficiência energética, uso eficiente da água e gestão de resíduos.

As instituições de solidariedade social oferecem o acesso a bens e serviços de apoio a pessoas em situação de carência económica ou social. Trata-se de uma oferta de proximidade traduzida na presença em localidades carentes de oferta de serviços coletivos de apoio social, públicas ou privadas, bem como caracterizada pela disponibilização de bens e serviços a valores ajustados aos seus utentes. Pelos cuidados que prestam a crianças e pessoas idosas nos equipamentos que gerem dirigidos a estes segmentos da população, revestem-se de grande importância para a coesão social e territorial.

Nestas organizações do terceiro setor a gestão eficiente de recursos é um tema relevante, dadas as fragilidades financeiras e estruturas de rendimentos e gastos que as caracterizam, razão pela qual a CNIS decidiu promover, em parceria com a APA e ADENE, a realização em 2020 de uma série de ações de informação e sensibilização em torno da transição energética e da adaptação às alterações climáticas nas várias regiões do país.

A próxima sessão de capacitação “Economia Social e Sustentável” terá lugar em Beja, no final de março.

Mais informação: https://cnis.pt/

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email