Medidas PPEC 2013-2014

A ADENE foi promotora de 10 medidas tangíveis (3) e intangíveis (7) aprovadas no âmbito de concursos do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Elétrica, PPEC 2013-2014. O montante dos incentivos do programa para a implementação das medidas promovidas pela ADENE totalizaram 2,35 M€, atingindo as medidas intangíveis o valor de 1,22 M€ e as medidas tangíveis o montante de 1,13 M€.

Para cada uma das medidas em execução até 31 de Janeiro de 2016 apresentou-se uma síntese dos objetivos, conteúdos principais e situação actual da implementação. Sempre que referido, pode obter mais informação nos links inscritos na página de cada medida.

Medidas intangíveis

Medidas sobre a disseminação de informação acerca de boas práticas no uso eficiente de energia elétrica e a promoção de mudanças de comportamentos.

A medida Formação e Sensibilização para o Consumo de Energia Elétrica dirigida a IPSS (ADENE_I8) contempla a realização de um máximo de 100 auditorias energéticas a Instituições Particulares de Solidariedade Social da rede da Entrajuda, para além da organização de ações de sensibilização e formação dos gestores e funcionários das instituições participantes. Concluído o processo de aquisição dos serviços necessários e pormenorizado o plano de trabalhos a implementar, as primeiras ações de divulgação da medida junto do público-alvo foram iniciadas em Setembro visando garantir a mais vasta adesão das IPSS elegíveis.

Consulte o Manual de Boas Práticas para IPSS.

Mais informação em Programa Polo Positivo

A medida Eco-tutores – Tutores de Energia nas Escolas (ADENE_I6) pretende desenvolver um programa de formação nacional dirigido a responsáveis pela gestão e manutenção de escolas do ensino básico. Este programa envolverá 200 formandos de 120 agrupamentos escolares e a realização de 360 ações de sensibilização em estabelecimentos escolares, contando a ADENE com a parceria da RNAE na sua concretização. Após identificação das agências regionais e municipais de energia interessadas na medida e constituída a bolsa de formadores com elementos de agências de energia e Centros de Formação de Professores (CFO), decorre o processo de acreditação da ação de formação junto do Conselho Científico Pedagógico da Formação Contínua, através do CFO Ordem de Santiago, e estão a ser organizadas as sessões de formação de formadores a realizar no último trimestre de 2014.

Nos dias 3 a 5 de novembro, realizou-se no Salão Nobre da AMAVE, em Guimarães, o 1º curso integrado de Formação de Formadores das medidas “Gestores Municipais de Energia” e “Tutores de Energia nas Escolas”, destinado às agências regionais e municipais de energia da região Norte de Portugal. Uma 2ª edição do curso, dirigido às agências do Centro do país, realizou-se de 9 a 11 de dezembro no auditório do m|i|mo – Museu da Imagem em Movimento, em Leiria. A 3ª edição da formação de formadores realiza-se nos dias 12 a 14 de janeiro, na Casa da Baía, em Setúbal, e destina-se às agências das regiões de Lisboa e do Sul do país.

Mais informação em www.academiaadene.pt

A medida Energy Game II (ADENE_I7)tem por objetivo a atualização do Energy Game, um jogo interativo de cariz lúdico e pedagógico sobre o tema da eficiência energética. Dirigido a jovens dos vários níveis de ensino não universitário, o Energy Game permite a interação dinâmica e simultânea entre todos os jogadores. Na sequência da seleção das agências regionais e municipais de energia que asseguram a abrangência nacional da medida, a versão atualizada do jogo multimédia está já em fase de desenvolvimento e decorre o processo de fornecimento dos equipamentos informáticos necessários.

A medida (- é +) A Tua Equação da Energia! (ADENE_I9) tem por objetivo a sensibilização para a eficiência energética de estudantes do 3º ciclo e secundário, utilizando estratégias de comunicação que conjugam meios de comunicação especializados no público estudantil e a organização de ações de sensibilização e formação. A ADENE conta com a parceria da Fórum Estudante na implementação desta medida, tendo sido criado o Espaço (- é +) na respetiva revista e iniciada a publicação mensal de dicas sobre eficiência energética. O calendário de ações foi definido em estreita articulação com a Fórum Estudante para a efetiva implementação da medida no ano letivo 2014/15.

A medida Formação de Gestores Municipais de Energia (ADENE_I5) visa promover a melhoria da eficiência no consumo de energia elétrica em equipamentos e serviços sob a gestão da administração local autárquica, através da formação e capacitação de gestores municipais de energia. Com a colaboração da RNAE serão realizadas 40 ações de formação envolvendo 600 técnicos de 278 municípios e 25 comunidades intermunicipais. Foram definidos os conteúdos programáticos da formação, identificadas as agências regionais e municipais de energia interessadas em participar na medida e constituída a bolsa de formadores, prevendo-se a realização da sessão de formação de formadores no último trimestre de 2014.

Nos dias 3 a 5 de novembro, realizou-se no Salão Nobre da AMAVE, em Guimarães, o 1º curso integrado de Formação de Formadores das medidas “Gestores Municipais de Energia” e “Tutores de Energia nas Escolas”, destinado às agências regionais e municipais de energia da região Norte de Portugal. Uma 2ª edição do curso, dirigido às agências do Centro do país, realizou-se de 9 a 11 de dezembro no auditório do m|i|mo – Museu da Imagem em Movimento, em Leiria. A 3ª edição da formação de formadores realiza-se nos dias 12 a 14 de janeiro, na Casa da Baía, em Setúbal, e destina-se às agências das regiões de Lisboa e do Sul do país.

Mais informação em www.academiaadene.pt

A medida Barómetro de Eficiência Energética para o Setor das Águas (ADENE_I2) pretende promover a melhoria da eficiência energética em empresas de distribuição de água e de saneamento de águas residuais urbanas, através do ranking de empresas e da identificação e disseminação de boas práticas no sector das águas. Foi iniciado o processo de desenvolvimento de uma plataforma de registo e informação online, a par da construção da base de dados de empresas a contactar para futura adesão ao Barómetro.

A medida Promoção da Eficiência Energética em Sistemas de Ar Comprimido na Indústria (ADENE_I4) compreende a realização de 3 ações de formação, envolvendo um número total de 45 técnicos de empresas do sector industrial, a produção de um manual de boas práticas e a monitorização das medidas implementadas nas empresas dos formandos. Está em curso a seleção dos parceiros externos para a realização das ações de formação e a elaboração do respectivo manual entre os três principais fornecedores ou instaladores nacionais de sistemas de ar comprimido.

Medidas tangíveis

A medida Cheque Eficiência para Frigorífico Combinado (ADENE_TR1) tem por objetivo promover a substituição de frigoríficos combinados de classe B ou inferior por frigoríficos combinados de classe A+++, assegurando a retirada do eletrodoméstico substituído do parque nacional de equipamentos de frio no sector residencial. Esta “troca informada” será incentivada pela entrega de 8 000 cheques de 100€ aos consumidores aderentes, através da celebração de acordos com cadeias de venda direta de eletrodomésticos. Com a colaboração da AGEFE, retalhistas e fabricantes do sector estão a ser identificadas as barreiras e analisadas propostas de operacionalização da medida.

A medida Aplicação de Variadores Eletrónicos de Velocidade em Sistemas de Captação e Tratamento de Águas (ADENE_TC3) visa a melhoria da eficiência energética das empresas do sector das águas, através da aplicação de 40 VEV em motores elétricos de sistemas de bombagem e tratamento de águas e águas residuais de potência média nominal de 55 kW e um funcionamento anual de 6 000 horas. Por consulta às empresas fornecedoras de VEV no mercado nacional, a ADENE constituirá uma montra de equipamentos elegíveis a que as empresas do sector das águas deverão recorrer para aquisição e obtenção de financiamento através desta medida. O processo de consulta está em curso.

A medida Aplicação de Variadores Eletrónicos de Velocidade na Agricultura e Indústria (ADENE_TI2) visa a melhoria da eficiência energética das empresas do segmento da agricultura e indústria, através da aplicação de 110 VEV em motores elétricos de bombas centrífugas, ventiladores e compressores de ar de potência média nominal de 75 kW e funcionamento anual de 6 000 horas. Por consulta às empresas fornecedoras de VEV no mercado nacional, a ADENE constituirá uma montra de equipamentos elegíveis a que as empresas do segmento da agricultura e indústria deverão recorrer para aquisição e obtenção de financiamento através desta medida. O processo de consulta está em curso.

Parcerias

A ADENE interveio ainda em medidas intangíveis promovidas por outras organizações, com destaque para as seguintes parcerias e colaborações institucionais:

A medida Missão Reduzir (AGENEAL_IO1), liderada pela Agência Municipal de Energia de Almada (AGENEAL), dirige-se à comunidade escolar do 1.º ciclo do ensino básico de Almada e envolve as famílias dos alunos e todos os (outros) residentes no município.

Pretende-se promover a sensibilização e a pedagogia sobre o tema da eficiência energética e a responsabilização dos cidadãos para a tomada de atitudes e a mudança de comportamentos relativos ao consumo de energia eléctrica. A componente (in)formativa e pedagógica é complementada pela atribuição de incentivos financeiros, em função do desempenho na poupança de energia.

Mais informação em www.eureduzo.pt.

A medida A Sua Casa, A Sua Energia (IN+_IO2), liderada pelo Instituto Superior Técnico, pretende promover a eficiência energética no setor residencial através da disponibilização de informação específica sobre oportunidades de melhoria nas habitações e sugestões para a adoção de comportamentos energeticamente mais eficientes.

Tendo por base a informação disponibilizada por monitores domésticos de energia, certificados energéticos e faturas de eletricidade e gás, pretende-se ajudar os participantes a otimizar o consumo, poupar energia e reduzir a fatura energética.

Estão abertas as inscrições para a participação no projeto de famílias de todo o país. Saiba como participar gratuitamente.

Mais informação em www.casaenergia.pt.

A medida TWIST 2.0 – A tua energia faz a diferença (EDPSU_I1), promovida pela EDP Serviço Universal, dirige-se aos alunos e professores do 10º ao 12º ano de todas as escolas do país, assim como as respetivas comunidades escolar e familiar, visando a educação e sensibilização para as temáticas relacionadas com a eficiência energética e o desenvolvimento sustentável.

Através da sensibilização e formação de grupos de jovens (twisters) são exploradas novas metodologias de abordagem às temáticas, em particular através das redes sociais, para a aquisição de conhecimentos, a mobilização das escolas e a competição entre twisters.

Dando continuidade à metodologia usada no ano letivo anterior, a edição de 2014/2015 do TWIST foi lançada no passado mês de Setembro.

Mais informação em www.twist.edp.pt.

A medida Missão Power UP (GALP_I1), promovida pela Galp Energia, dirige-se às escolas do 2º e 3º ciclos do ensino básico e visa a educação para a eficiência no consumo de energia, através da abordagem dos temas da eficiência energética, fontes de energia, mobilidade sustentável e pegada energética.

Após a constituição de equipas multidisciplinares, estas participam num concurso que premeia a implementação de ações concretas, decorrentes de um diagnóstico e inseridas num plano de ação, que promovam a eficiência energética na escola e, a longo prazo, a mudança de comportamentos.

Mais informação em www.missaopowerup.com.

A medida Young Energy Leaders (RNAE_IO2), promovida pela RNAE – Associação das Agências de Energia e Ambiente (Rede Nacional), dirige-se aos alunos do Ensino Secundário e do Ensino Profissional, com equivalência ao Ensino Secundário, de todo o território nacional.

Pretende-se sensibilizar os jovens adolescentes para serem embaixadores da eficiência energética e do combate às alterações climáticas, promovendo a mudança de comportamentos dos colegas, comunidades e famílias através de ações na escola e trabalhos práticos sobre a eficiência energética. Serão atribuídos prémios às escolas vencedoras para a implementação de medidas de eficiência energética nas suas instalações.

Mais informação em www.yel.pt.

A medida Energia Fantasma (DECO_IO1), liderada pela Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO), dirige-se à comunidade em geral e às escolas. Pretende-se promover o uso eficiente da energia elétrica no setor residencial, informando e sensibilizando os consumidores sobre os consumos stand-by/off-mode e outros desperdícios de energia nas suas casas.

Para além de sessões e materiais informativos, simuladores e jogos interativos, esta campanha informativa integra o concurso nacional “Vídeos com Energia”, especialmente dirigido à comunidade escolar (alunos do 2º e 3º ciclo do ensino básico e ensino secundário/profissional) mas também aberto à comunidade em geral.

Mais informação em www.energiafantasma.pt.

PPEC 2013-2014

O PPEC apoia financeiramente medidas que visam melhorar a eficiência no consumo de energia elétrica, através de ações empreendidas por promotores elegíveis. Na sua 5ª edição (PPEC 2013-2014) foram aprovadas 70 medidas de 29 promotores, tendo cerca de três quartos da dotação orçamental do PPEC 2013-2014, no valor anual de 11 milhões de euros, sido destinada a medidas tangíveis. Estas são, na sua maioria, medidas em iluminação, gestão de consumos e força motriz. Nas intangíveis predominam as medidas de divulgação nas escolas, auditorias e formação. Na página da ERSE encontra informação sobre todas as medidas em implementação.

Close Menu