ADENE e RNAE celebram protocolo para promoção da eficiência energética na defesa da neutralidade carbónica.

Porque a eficiência energética é crucial para Portugal atingir as metas da neutralidade carbónica até 2050, esta tarde a ADENE e a Associação das Agências de Energia e Ambiente (RNAE), celebraram um protocolo que visa contribuir para a dinamização da eficiência energética e hídrica e da economia circular, mas também potenciar um sistema energético descentralizado e descarbonizado e um sistema de transportes sustentável, contribuindo para uma recuperação económica e social justa, democrática e inclusiva.

   

O protocolo assinado, do lado da ADENE, pelo Presidente Nelson Lage, e pela Vice-Presidente Ana Andrade, e do lado da RNAE, por Carlos Querido dos Santos Presidente da Direção e Diamantino Conceição, Vice-Presidente da Direção, prevê um plano de ação anual de modo a agilizar todas as ações a desenvolver em parceria.
Com este protocolo, a ADENE e a RNAE comprometem-se também no desenvolvimento de ações de combate à pobreza energética, à promoção da literacia energética junto dos municípios e dos cidadãos.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email