A ADENE confirmou hoje a decisão de assumir, em 2022, a presidência da EnR – European Energy Network – em 2022. No decorrer da reunião da EnR M68 Regular & Full Meeting, o Presidente da ADENE, Nelson Lage afirmou: “tenho o prazer de confirmar hoje a nossa decisão de assumir a Presidência da rede EnR para 2022, decisão saudada pelo o Governo Português que nos apoiará neste mandato”.

Durante o encontro da Rede Europeia de Energia (EnR), Nelson Lage prometeu dar seguimento à estratégia internacional de longo prazo, desenvolvida sob as anteriores Presidências e adiantou que entre os principais temas a desenvolver em 2022 incluirão a Estratégia Europeia Renovation Wave (Onda de renovação) e “como lidar com as pessoas e os territórios vulneráveis”.

O Presidente da ADENE disse ainda que a Presidência Portuguesa da EnR terá como prioridades uma “maior cooperação entre os diferentes níveis de governo, pois acreditamos firmemente que os governos locais e regionais colocam os cidadãos no centro da governança que são atores-chave para o sucesso de todas as políticas públicas de energia e clima”.

O encontro de hoje serviu como ponto de partida da integração da ADENE na EnR Troika 2021, que inclui a atual Presidência liderada por França, a Holanda que teve a Presidência em 2020 e Portugal, que irá liderar os destinos da EnR em 2022.

O Presidente da EnR, apoiado pela Troika, é responsável pelo avanço das políticas e estratégicas operacionais ou de comunicação em nome da rede, fazendo a ligação com outros membros.

A EnR é a Rede Europeia de Energia que procura estar na vanguarda das ações a nível europeu para a melhoria da eficiência energética, incremento da utilização de energias renováveis e mitigação dos efeitos nocivos das alterações climáticas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email