Enquanto membro da Rede Europeia de Energia (EnR) e por convite da ADEME (Agência da Transição Ecológica), a ADENE participou na 3ª reunião do Grupo de Trabalho “Europa” do Observatório Francês da Precariedade Energética (ONPE). O evento online realizado no dia 3 de abril contou, pela primeira vez, com a participação de uma agência nacional de energia convidada para apresentar o trabalho desenvolvido no seu país sobre a problemática da pobreza energética.

Criado em março de 2011, o Observatório Francês da Precariedade Energética (ONPE) disponibiliza informação de referência sobre a pobreza energética em França, visando melhorar o conhecimento e monitorizar a sua evolução, analisar as políticas públicas relacionadas e promover o debate público sobre o tema. A ADEME assegura a presidência do ONPE, cujo secretariado permanente dinamiza 5 grupos de trabalho sobre Habitação, Dados, Diagnóstico Territorial, Europa e Comunicação.

Após destacar algumas das suas atividades no âmbito da pobreza energética, como a implementação bem sucedida do projeto LIGAR, a ADENE deu nota de um novo projeto em curso. Este projeto – “A Ciência de Dados da Energia” – que tem como objetivo global introduzir mecanismos de inteligência artificial nos portais geridos pela ADENE de forma a apresentar informação diferenciada ao consumidor, visa concretizar, entre outras, a medida isimplex 2019 IndiCINERGIA #117, através do desenvolvimento de uma plataforma online de acesso público com visualização interativa de índices de conforto térmico e de vulnerabilidade à PE para edifícios residenciais em Portugal, em diversas escalas temporais e espaciais.

Aproveitando a oportunidade, a ADENE continuará a acompanhar os trabalhos do ONPE, no quadro do Grupo de Trabalho “Europa”, em especial a edição de uma publicação internacional sobre boas práticas de promoção da eficiência energética e combate à pobreza energética.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email