A

A passagem de testemunho da Presidência da Rede Europeia de Energia - EnR

Arnaud Leroy

Presidente da ADEME e Presidente da EnR em 2021

15.02.2022

3

min. de leitura

Em 2021, a ADEME teve a honra de presidir à Rede Europeia de Energia (EnR – European Energy Network), juntamente com a RVO, a antiga presidência holandesa e a ADENE, a presidência portuguesa, que se inicia agora, e que constituem a Troika da Rede EnR. Durante a nossa presidência, foram realizadas várias atividades articuladas em torno de dois temas principais: a Onda da Renovação e a Descarbonização da Indústria.

Neste quadro, a ADEME realizou dois estudos de referência. Um que avaliou o papel o papel das agências EnR na implementação de políticas públicas no domínio da Onda da Renovação e outro, que avaliou as estratégias de descarbonização da indústria europeia. As principais conclusões desses estudos serão apresentadas na reunião EnR Network Full, já este mês de fevereiro. Pretendemos discutir mais detalhadamente de que forma a rede pode dar total apoio à Comissão Europeia para enfrentar as ondas de renovação e os desafios da descarbonização da indústria, identificando atividades específicas de acompanhamento.

Sob a presidência francesa da EnR, a ADEME organizou também um workshop de formação sobre estratégia ‘one-stop-shop’ para renovação de edifícios térmicos, em parceria com o Banco Europeu de Investimento e também uma mesa-redonda com a Comissão Europeia sobre a Integração Setorial Inteligente, a fim de apresentar os resultados de um relatório destinado a identificar ações específicas que a Rede EnR pode empreender para ajudar a Comissão Europeia nesta matéria.

De referir ainda, a 6ª Conferência Europeia sobre Mudança de Comportamento e Eficiência Energética em que centenas de participantes, de todo o mundo, tiveram oportunidade de partilhar as melhores práticas para apoiar os cidadãos na transição energética.

De forma a melhorar o funcionamento da rede, alterámos o ‘Modus Operandi’ e atualizámos o site da EnR. Esperamos que estas mudanças facilitem a partilha de informação e a gestão da rede. Além disso, estamos a terminar a compilação de projetos de melhores práticas, um trabalho que foi iniciado pela presidência holandesa da RVO.

Outro elemento importante que gostaríamos de destacar, é o reforço da ligação em rede com a Direcção-Geral da Energia da Comissão Europeia e com o Banco Europeu de Investimento, que se tornaram possíveis, graças a todos os esforços desenvolvidos ao longo dos últimos quatro anos. Estamos igualmente muito satisfeitos por termos colocado a discussão na rede um tema relativamente novo para a Comissão Europeia, e que é a suficiência energética.

Uma estreita cooperação com a Comissão Europeia é extremamente importante para que a EnR, se posicione como uma rede de peritos de referência para os serviços da Comissão.

Durante a reunião da Rede EnR , a 16 de fevereiro, entregaremos a Presidência à agência ADENE, e acreditamos que esta assumirá integralmente o trabalho iniciado pelas agências ADEME e RVO, contribuindo para a consecução dos objetivos do Pacto Verde Europeu.

S

Sobre o autor

Presidente da ADEME e Presidente da EnR em 2021