A Adene

Oportunidades de recrutamento

05/12/2016

Trabalhar na ADENE – Agência para a Energia constitui uma oportunidade de adquirir experiência e desenvolver competências no setor da Energia e, em particular, em Eficiência Energética.

Em cumprimento do artigo 13.º da Constituição da República Portuguesa, a ADENE, na qualidade de entidade empregadora, promove ativamente uma política de igualdade de oportunidades,  providenciando escrupulosamente no sentido de evitar toda e qualquer forma de discriminação.

Nota: Dado estar em vigor um Regulamento de Recrutamento e Seleção na ADENE, não serão consideradas quaisquer candidaturas espontâneas.

As condições de remuneração dos contratos de trabalho associadas a cada processo de recrutamento infra indicados serão aprovadas pelo Conselho de Administração para cada caso, tendo por base a estrutura de remunerações da ADENE, as responsabilidades associadas ao exercício de funções e o currículo do candidato selecionado para contratar.

Aos candidatos selecionados para passagem à segunda fase para entrevista será comunicado durante a mesma todas as condições de contratuais, incluindo a gama de valores selecionados para cada vaga. O Júri de recrutamento fará uma proposta de remuneração a considerar para o candidato selecionado ao Conselho de Administração, a qual não é obrigatória ser seguida.

FAQs: 
Regulamento de Recrutamento e Seleção

O Regulamento de Recrutamento e Seleção dos trabalhadores da ADENE adequa-se às suas atribuições e competências, visando garantir a eficácia do seu desempenho, nos seguintes termos indicados sequencialmente:

  1. Para cada processo de recrutamento é efetuada internamente pela ADENE uma análise da necessidade: permanente (sem termo) ou temporária (a termo) e, neste último caso, a sua duração estimada, determinável ou não (termo certo ou incerto).
  2. O perfil do candidato será previamente definido e incluirá, designadamente:

    1. Área científica e profissional;
    2. Habilitações literárias mínimas;
    3. Experiência profissional mínima;
    4. Requisitos obrigatórios e/ou opcionais para a função.
  3. Será dada preferência ao recrutamento interno, quando aplicável, sendo o recurso ao recrutamento externo limitado à eventualidade de não existir internamente pessoal com as competências necessárias à função a desempenhar.
  4. O processo de recrutamento externo inicia-se com a publicação de um aviso de recrutamento no site da ADENE e anúncio em dois jornais de grande circulação nacional.
  5. A apresentação de candidaturas é efetuada obrigatoriamente através de plataforma eletrónica ou excecionalmente, se tal for previamente definido, através de e-mail.
  6. Os documentos de apresentação obrigatória são indicados no texto do aviso/anúncio.
  7. O processo de recrutamento externo decorre em duas fases com base numa matriz comum de avaliação de candidatos:

    1. Análise e avaliação curricular eliminatória;
    2. Entrevista profissional aos candidatos selecionados na avaliação curricular.
  8. Os resultados do processo de recrutamento são comunicados individualmente a cada um dos candidatos que passarem à segunda fase.
  9. O júri de recrutamento pode exigir a realização de uma prova escrita de conhecimentos ou uma segunda entrevista profissional, tendo em conta a formação específica requerida para o cargo a ocupar ou para fins de desempate.
  10. O Conselho de Administração delibera com base em proposta do júri de recrutamento, sendo comunicada a sua decisão ao candidato aprovado.
C16PN3: Técnico Especialista Júnior (M/F) [Processo Republicado; candidaturas encerradas às 24h 04-12-2016]

Os candidatos que já concorreram ao recrutamento C16PN3 anteriormente à republicação de novo anúncio não serão considerados.

Para apoio à execução do Plano Nacional de Ação para a Eficiência Energética (PNAEE).

Os candidatos devem preencher os seguintes requisitos:
a)    Licenciatura (Pré-Bolonha) ou Mestrado na área de Engenharia ou Economia e Gestão e mais de 1 ano de experiência profissional;
b)    Capacidade de organização na análise de candidaturas;
c)    Capacidade de inovação e foco nos resultados;
d)    Conhecimentos avançados na utilização de software de edição de texto, folha de cálculo e preparação de apresentações, bem como de ferramentas de controlo de gestão;
e)    Boa capacidade de comunicação e trabalho em ambiente de equipa;
f)    Polivalência;
g)    Sentido de responsabilidade.

Definição de Tarefas:
- Elaboração de relatórios semestrais e análise de dados relacionados com a implementação do PNAEE, para divulgação no respetivo portal eletrónico http://www.pnaee.pt;
- Supervisão de candidaturas e implementação de projetos no âmbito do Fundo de Eficiência Energética (FEE), através de reporte mensal à Comissão Executiva do PNAEE e ao seu Diretor Executivo, incluindo a análise e gestão processual de candidaturas e a análise do estado de implementação e qualidade dos projetos.

Tal como referido no anúncio de recrutamento publicado na imprensa, a prestação de trabalho será efetuada nas instalações da ADENE em Lisboa. O trabalho em causa é para ser prestado a tempo integral e em regime de exclusividade.

Os candidatos devem enviar os curricula vitae e uma carta de motivação (com o máximo de uma página) por e-mail para recrutamento@adene.pt, identificando no assunto a Ref.ª «C16PN3», até às 24 horas de dia 4 de dezembro (inclusive).

Serão notificados eletronicamente da submissão da candidatura.

Após apreciação do júri, serão contactados diretamente os candidatos selecionados para a fase seguinte.

Para conhecimento dos demais candidatos, será colocado um aviso nesta página.

C16DE1: Técnico Especialista (M/F) com competência na certificação energética em edifícios de habitação [candidaturas encerradas às 24h 04-12-2016]

Técnico Especialista com competência na certificação energética em edifícios de habitação para funções no âmbito das responsabilidades de verificação de qualidade do Sistema de Certificação Energética de Edifícios (SCE):

Requisitos Obrigatórios
•    Área científica e profissional: Arquitetura ou Engenharia (Arquitetos, engenheiros civis, engenheiros técnicos civis, engenheiro mecânico, engenheiro técnico mecânico, engenheiro eletrotécnico, engenheiro técnico de energia e sistemas de potência, especialista em engenharia de climatização ou energia, ou equivalente)
•    Habilitações literárias mínimas: Licenciatura pré-Bolonha correspondente ao Nível 6 do Quadro Europeu das Qualificações (EQF) ou Mestrado pós-Bolonha correspondente ao Nível 7 do EQF;
•    Experiência profissional mínima: 5 anos
•    Qualificação específica: Reconhecimento como Perito Qualificado (PQ I) para atuação no âmbito do Regulamento de Desempenho Energético dos Edifícios de Habitação (REH) e em Pequenos edifícios de serviços dotados de sistemas de climatização com potência nominal igual ou inferior a 25 kW, no âmbito do Regulamento de Desempenho Energético dos Edifícios de Comércio e Serviços (RECS).

Fatores Preferenciais
•    Experiência em direção de obra;
•    Experiência como projetista de térmica;
•    Experiência em fiscalização;
•    Capacidade de organização e método de trabalho;
•    Capacidade de atuar de modo proactivo e autónomo.

Tal como referido no anúncio de recrutamento publicado na imprensa, a prestação de trabalho será efetuada nas instalações da ADENE em Lisboa. O trabalho em causa é para ser prestado a tempo integral e em regime de exclusividade. Dada a natureza das funções, que obrigam a deslocações de Lisboa por todo o país para efeitos de Verificação de Qualidade do SCE in loco, será atribuída nos termos aplicáveis na ADENE a prestação de trabalho em regime de isenção de horário de trabalho, na modalidade de não sujeição aos limites máximos do período normal de trabalho, nos termos e para os efeitos do disposto nos artigos 218.º, n.º 1, alínea a) e 219.º, n.º 1, alínea a) do Código do Trabalho, à qual corresponde a atribuição especial de um acréscimo à retribuição base. Nos termos do seu regulamento interno para deslocações profissionais dos seus trabalhadores, a ADENE suportará ainda todas as despesas de deslocação necessárias e as ajudas de custo compatíveis com as mesmas.

Os candidatos devem enviar os curricula e uma carta de motivação (com o máximo de uma página) por correio eletrónico para recrutamento@adene.pt, identificando no assunto a Ref.ª «C16DE1» até às 24 horas de dia 4 de dezembro (inclusive).

Serão notificados eletronicamente da submissão da candidatura.

Após apreciação do júri, serão contactados diretamente os candidatos selecionados para a fase seguinte.

Para conhecimento dos demais candidatos, será colocado um aviso nesta página.

C16DE2: Técnico Especialista (M/F) com competência na certificação energética em edifícios de comércio e serviços [candidaturas encerradas às 24h 04-12-2016]

Técnico Especialista com competência na certificação energética em edifícios de comércio e serviços para funções no âmbito das responsabilidades de verificação de qualidade do Sistema de Certificação Energética de Edifícios (SCE):

Requisitos Obrigatórios
•    Área científica e profissional: Engenharia (Engenheiro mecânico, engenheiro técnico mecânico, engenheiro eletrotécnico, engenheiro técnico de energia e sistemas de potência, especialista em engenharia de climatização ou energia, ou equivalente).
•    Habilitações literárias mínimas: Licenciatura pré-Bolonha correspondente ao Nível 6 do Quadro Europeu das Qualificações (EQF) ou Mestrado pós-Bolonha correspondente ao Nível 7 do EQF;
•    Experiência profissional mínima: 5 anos
•    Qualificação específica: Reconhecimento como Perito Qualificado (PQ II) para atuação no âmbito do Regulamento de Desempenho Energético dos Edifícios de Comércio e Serviços (RECS).
Fatores Preferenciais
•    Experiência em direção de obra;
•    Experiência como projetista de AVAC;
•    Conhecimentos em simulação dinâmica de edifícios;
•    Conhecimentos de ISO 50001;
•    Certificação CMVP;
•    Capacidade de organização e método de trabalho;
•    Capacidade de atuar de modo proactivo e autónomo.

Tal como referido no anúncio de recrutamento publicado na imprensa, a prestação de trabalho será efetuada nas instalações da ADENE em Lisboa. O trabalho em causa é para ser prestado a tempo integral e em regime de exclusividade. Dada a natureza das funções, que obrigam a deslocações de Lisboa por todo o país para efeitos de Verificação de Qualidade do SCE in loco, será atribuída nos termos aplicáveis na ADENE a prestação de trabalho em regime de isenção de horário de trabalho, na modalidade de não sujeição aos limites máximos do período normal de trabalho, nos termos e para os efeitos do disposto nos artigos 218.º, n.º 1, alínea a) e 219.º, n.º 1, alínea a) do Código do Trabalho, à qual corresponde a atribuição especial de um acréscimo à retribuição base. Nos termos do seu regulamento interno para deslocações profissionais dos seus trabalhadores, a ADENE suportará ainda todas as despesas de deslocação necessárias e as ajudas de custo compatíveis com as mesmas.

Os candidatos devem enviar os curricula e uma carta de motivação (com o máximo de uma página) por correio eletrónico para recrutamento@adene.pt, identificando no assunto a Ref.ª «C16DE2» até às 24 horas de dia 4 de dezembro (inclusive).

Serão notificados eletronicamente da submissão da candidatura.

Após apreciação do júri, serão contactados diretamente os candidatos selecionados para a fase seguinte.

Para conhecimento dos demais candidatos, será colocado um aviso nesta página.

C16UM1: Gestor de projeto de contrato de assistência técnica com o Banco Europeu de Investimento (BEI) [candidaturas encerradasàs 24h 04-12-2016]

Gestor de projeto de contrato de assistência técnica com o Banco Europeu de Investimento (BEI), para implementação de medidas de eficiência energética em edifícios públicos, sistemas de iluminação pública e sistemas semafóricos na Região de Lisboa e Vale do Tejo (“Contrato ELEnA”):

Requisitos Obrigatórios
•    Formação superior em Engenharia;
•    Mínimo de 10 anos de experiência em matérias de eficiência energética em edifícios;
•    Experiência relevante em gestão de projetos;
Fatores Preferenciais
•    Experiência comprovada em gestão e implementação de projetos em entidades públicas.

Tal como referido no anúncio de recrutamento publicado na imprensa, a prestação de trabalho será efetuada nas instalações da ADENE em Lisboa. O trabalho em causa é para ser prestado a tempo integral e em regime de exclusividade. Dada a natureza das funções, que obrigam a deslocações de Lisboa abrangendoa região de Lisboa e Oeste, será atribuída nos termos aplicáveis na ADENE a prestação de trabalho em regime de isenção de horário de trabalho, na modalidade de não sujeição aos limites máximos do período normal de trabalho, nos termos e para os efeitos do disposto nos artigos 218.º, n.º 1, alínea a) e 219.º, n.º 1, alínea a) do Código do Trabalho, à qual corresponde a atribuição especial de um acréscimo à retribuição base. Nos termos do seu regulamento interno para deslocações profissionais dos seus trabalhadores, a ADENE suportará ainda todas as despesas de deslocação necessárias e as ajudas de custo compatíveis com as mesmas.

Os candidatos devem enviar os curricula e uma carta de motivação (com o máximo de uma página) por correio eletrónico para recrutamento@adene.pt, identificando no assunto a Ref.ª «C16UM1» até às 24 horas de dia 4 de dezembro (inclusive).

Serão notificados eletronicamente da submissão da candidatura.

Após apreciação do júri, serão contactados diretamente os candidatos selecionados para a fase seguinte.

Para conhecimento dos demais candidatos, será colocado um aviso nesta página.

Jurista Sénior (M/F) [encerradas candidaturas a 23 de julho. Notificados Candidatos que passaram à 2º fase em 3 de agosto]

Para o seu gabinete jurídico, para apoio geral à sua atividade.

Os candidatos devem preencher os seguintes requisitos:
a)    Licenciatura em Direito e, pelo menos, 5 anos de experiência profissional;
b)    Motivação para integrar um Gabinete Jurídico in house;
c)    Experiência relevante em Direito Público;
d)    Experiência relevante na área da energia;
e)    Polivalência de áreas jurídicas face às diferentes necessidades da ADENE;
f)    Apetência por trabalho em equipas pluridisciplinares;
g)    Motivação por temas de energia.

Os candidatos devem enviar os curricula vitae e uma carta de motivação (com o máximo de uma página) por e-mail para recrutamento@adene.pt, identificando no assunto a Ref.ª «C16GJ5», até às 24 horas de dia 23/7/2016 (inclusive).

Serão notificados eletronicamente da submissão da candidatura.

Após apreciação do júri, serão contactados diretamente os candidatos selecionados para a fase seguinte.

Para conhecimento dos demais candidatos, será colocado um aviso nesta página.

Técnico Especialista Sénior (M/F) [candidaturas encerradas a 20 de agosto. Notificados Candidatos que passaram à 2º fase em 29 de setembro]

Para apoio ao planeamento e tratamento estatístico. A prestação de trabalho será efetuada no âmbito do Contrato-Programa entre a Direção-Geral de Energia e Geologia e a ADENE.

Os candidatos devem preencher os seguintes requisitos:

  • Habilitações literárias mínimas: Licenciatura em Engenharia;
  • Conhecimentos adequados da legislação, regulamentação e boas práticas a nível nacional e comunitário no que respeita à elaboração das estatísticas do setor da energia;
  • Capacidade de visualização integrada dos vários procedimentos de recolha, validação e metodologias de produção dos dados estatísticos da energia, tendo em conta as várias atividades do sector energético.

Fatores preferenciais:

  • Experiência na produção de dados estatísticos da energia;
  • Experiência na elaboração de balanços energéticos;
  • Experiência no desenvolvimento de software aplicacional integrado nas plataformas e bases de dados existentes, sobre computadores pessoais em ambiente Windows, para a produção das estatísticas da energia;
  • Experiência no desenvolvimento de novas funcionalidades de otimização da análise de dados constantes das bases de dados existentes, assim como na definição das estruturas de formulários de recolha de informação estatística;
  • Experiência na migração de dados de plataformas informáticas antigas para novas aplicações informáticas.

Os candidatos devem enviar os curricula vitae e uma carta de motivação (com o máximo de uma página) por e-mail para recrutamento@adene.pt , identificando no assunto a Refª “C16CP2”, até às 24 horas de dia 20 de agosto de 2016 (inclusive).

Serão notificados eletronicamente da submissão da candidatura.

Após apreciação do júri, serão contactados diretamente os candidatos selecionados para a fase seguinte.

Para conhecimento dos demais candidatos, será colocado um aviso nesta página.

2 (dois) Técnicos (M/F) [candidaturas encerradas em 20 de agosto. Processo concluído a 14 de setembro]

Para apoio na implementação e operacionalização de um sistema de gestão de processos de reclamação e pedidos de informação relativos à tarifa social de eletricidade e gás natural. A prestação de trabalho será efetuada no âmbito do Contrato-Programa entre a Direção-Geral de Energia e Geologia e a ADENE.

Os candidatos devem preencher os seguintes requisitos:

  • Habilitações literárias mínimas: 12º ano;
  • Experiência de comunicação e de atendimento ao público em geral;
  • Experiência na prestação e tratamento da informação;
  • Experiência na gestão e resolução de reclamações;
  • Sentido ético e de valores de serviço público;
  • Capacidade de comunicar oralmente e por escrito de forma clara e precisa;
  • Capacidade de adaptar a linguagem aos diversos tipos de interlocutores;
  • Capacidade de prestar informações e esclarecimentos presencialmente ou através de outros meios de comunicação, com exatidão e objetividade;
  • Prática profissional com recurso a tecnologias de informação, de comunicação e de bases de dados, com bons conhecimentos e domínio de ferramentas Office e sistemas operativos na ótica do utilizador.

Fatores preferenciais:

  • Licenciatura;
  • Conhecimentos adequados da legislação referente à Tarifa Social da energia;
  • Capacidade de gestão e controlo dos processos de comunicação entre os sistemas intervenientes no processo;
  • Capacidade para o atendimento a utilizadores e registo de pedidos de informação no âmbito do processo;
  • Capacidade de análise de pedidos de informação preenchidos em interface público pelos Requerentes e, se aplicável, respetiva resolução em 1ª linha;
  • Sentido de responsabilidade e dinamismo profissional;
  • Capacidade de organização e método de trabalho;
  • Capacidade de atuar de modo proactivo e autónomo.

Os candidatos devem enviar os curricula vitae e uma carta de motivação (com o máximo de uma página) por e-mail para recrutamento@adene.pt , identificando no assunto a Refª “C16CP1”, até às 24 horas de dia 20 de agosto de 2016 (inclusive).

Serão notificados eletronicamente da submissão da candidatura.

Após apreciação do júri, serão contactados diretamente os candidatos selecionados para a fase seguinte.

Para conhecimento dos demais candidatos, será colocado um aviso nesta página.

Mapa do Site