Participa na “Mochila Verde”

01/11/2013

A Lisboa E-Nova e a Câmara Municipal de Lisboa, constituíram, em Novembro de 2011, o Comité Executivo da Plataforma Municipal de Educação para o Desenvolvimento Sustentável (PMEDS).


Esta plataforma tem como principal objetivo, a identificação e divulgação de projetos educativos de sustentabilidade e responsabilidade social, promovendo o trabalho em Rede, com os mais variados interlocutores, em prol de uma cidadania mais cativa, ambientalmente consistente e economicamente eficaz.
 

À semelhança de outros projetos desenvolvidos pela Lisboa E-Nova na área da Sustentabilidade, a formação da PMEDS inscreve-se nas orientações consignadas na Carta Estratégica de Lisboa 2010/24, na Declaração das Cidades Educadoras para o Desenvolvimento Sustentável - 2011, no Ano Internacional da Energia Sustentável para todos - 2012, na Década da Educação para o Desenvolvimento Sustentável (2005-2014) e na Década da Biodiversidade (2011 – 2020).
 

Entre as várias iniciativas a desenvolver no âmbito da PMEDS , prevê-se o desenvolvimento de um projeto de Educação Ambiental para o Desenvolvimento Sustentável, cujo o objetivo é incentivar uma cidadania mais ativa, ambientalmente consistente e economicamente eficaz, sobretudo através do desenvolvimento de projetos educativos de sustentabilidade e e responsabilidade social, estimulando o trabalho em Rede
 

O Projeto designado “Mochila Verde” (EEco-Mochiola”) promoverá entre outras a produção e distribuição da dita Mochila, bem como do seu conteúdo. Trata-se de uma experiência-piloto, com duração e 4 anos, abrangendo alunos que inicie o 1.º ciclo do Ensino Básico no Ano Letivo 2013-2014, pertencentes a Agrupamentos de Escolas Públicas do Conselho de Lisboa.
 

A Mochila verde será entre aos alunos no início do Ano Letivo, contendo material pedagógico de cariz ambiental, tendo em vista incentivar a aquisição de competências em Educação para o Desenvolvimento Sustentável.
 

Para o desenvolvimento deste projeto será entregue a todos os professores o livro “O Ambiente nas nossas mãos – 20 ideias, muitos gestos”, que contou com a participação da ADENE e de entidades como a EMEL, Fundação Calouste Gulbenkian, entre outras.

Para mais informações consulte o site da ” Lisboa e-nova “

Mapa do Site