Poupar

Eficiência Energética

 

É natural que à medida que uma sociedade se torna mais desenvolvida, aumentem as suas necessidades de conforto e o consumo de energia. Mas não tem de ser assim.

É possível fazer uma utilização responsável, ou seja, consumir menos energia em cada produto ou serviço que utilizamos, sem alterar o nosso estilo de vida ou sem abdicar do nosso conforto.

A isto chama-se eficiência energética e não é um conceito difícil de perceber nem de praticar, mas implica tomar medidas.

Quer um exemplo? Apagar a luz ao sair de uma divisão é um bom princípio. Mas para além da questão dos comportamentos só conseguimos ser energeticamente eficientes se recorrermos a tecnologias e processos que permitam evitar o desperdício em todas as fases.

“A eficiência energética é a otimização que realizamos no consumo de energia”.

Assim, desde o momento em que a energia que existe na natureza se transforma em calor, frio, ou luz, é preciso atuar para evitar perdas com base numa otimização dos sistemas.

O mesmo acontece em relação ao consumo. O desperdício de energia que ocorre nesta fase implica adotar medidas que permitem uma melhor utilização da energia, tanto no sector doméstico, como nos sectores de serviços e indústria.

O termo "Utilização Racional da Energia" (URE), associado ao conceito de Eficiência Energética, quer dizer isso mesmo e contamos com a energia de todos para o pôr em prática.

Lembre-se que através da escolha, aquisição e utilização adequada dos equipamentos, é possível poupar o ambiente, poupar na fatura e poupar Portugal, sem ter de poupar no seu conforto.

Mapa do Site