E-GREEN JOBS – qualificação e reforço de competências de trabalhadores do “sector verde"

29/05/2014

[filename]

O projeto E-Green Jobs é financiado pelo Programa Lifelong Learning - Leonardo da Vinci e tem por objetivo a melhoria das qualificações e competências dos trabalhadores do setor verde com aprendizagem enriquecida por tecnologia. Neste enquadramento, o projeto contribuirá principalmente para o desenvolvimento do mercado de empregos verdes, bem como para a consciencialização das necessidades associadas, e indiretamente estimular a criação de novos empregos verdes.

De ac[filename]ordo com os resultados preliminares de estudos sobre este mercado, foram identificadas as seguintes quatro principais profissões:

  1. Peritos qualificados para a certificação energética de edifícios, projetistas e arquitectos.
  2. Jovens agricultores (com menos de 40 anos) à procura de rendimentos complementares.
  3. Técnicos e instaladores procurando por novas oportunidades de emprego, com preferência por desempregados.
  4. Técnicos das PME

Por forma a validar esta seleção, no início do projeto será realizada uma análise ao nível das necessidades dos utilizadores.

Os conteúdos programáticos serão selecionados e ajustados às necessidades dos formandos, e eventualmente, aos quadros nacionais de qualificação profissional.

Serão ainda considerados os diferentes contextos nacionais com o objetivo de disponibilizar uma oferta formativa que responda às necessidades específicas identificadas em cada um dos países envolvidos. Posteriormente, os conteúdos didáticos serão adaptados de acordo com o conceito definido pelo sistema de e-learning.

Os elementos didáticos selecionados e desenvolvidos, disponíveis na plataforma de e-learning, serão os resultados mais tangíveis do projeto.

 

Período de execução do projecto:

24 meses | 01/10/2013 – 30/09/2015.

Parceiros do projecto:

  • TECHIN Sp. z o.o. (Polónia)
  • DIDA Network srl – (Itália)
  • Corvinno Technology Transfer Center Nonprofit Ltd. (Hungria)
  • Podlasie Nature Station “Narew” (Polónia)
  • Vistula University (Polónia)
  • ADENE – Agência para a Energia (Portugal;
  • P7 AISFOR srl (Itália).

 

“A responsabilidade do conteúdo constante nesta página é dos autores. Não representa a opinião da União Europeia, nem a Comissão Europeia pode ser responsabilizadas pelo uso da informação aqui contida."

Mapa do Site